Tecnología

Encontrado morto negociador ucraniano

Um dos negociadores da delegação ucraniana, que participou na primeira ronda de negociações entre a Ucrânia e a Rússia, foi, este sábado, encontrado morto. 

A notícia foi dada incialmente pela imprensa ucraniana, tendo mais tarde sido confirmada pelo Ministério da Defesa daquele país. 

Numa nota oficial, a Direção-Geral de Informações do Ministério refere que Denys Kireev foi um de três elementos dos serviços de informação ucranianos morto “durante o desempenho de tarefas especiais”

 

❗️Під час виконання спеціальних завдань, загинули три розвідники — співробітники Головного управління розвідки Міністерства оборони України: 🎖Доля Олексій Іванович 🎖Чибінєєв Валерій Вікторович 🎖Кірєєв Денис Борисович #ГУРпамятає pic.twitter.com/6qKcwAZyME

Defence intelligence of Ukraine (@DI_Ukraine) March 5, 2022  

Contudo, a imprensa ucraniana dá conta que Kireev, banqueiro de profissão, seria um espião russo ao serviço do Kremlin que terá cometido um crime de traição, tendo, por esse motivp, sido assassinado pelos serviços de segurança ucranianos, durante uma tentativa de detenção à qual este terá tentado resistir. 

 

❗️Denis Kireev, a member of the negotiation team on the Ukrainian side, was killed. According to preliminary information, he was liquidated by the Security Service of #Ukraine during his detention on suspicion of treason. pic.twitter.com/ab1GpkIxt8

NEXTA (@nexta_tv) March 5, 2022  

A imprensa ucraniana aponta ainda relações entre Kireev e os serviços secretos russos, sendo que a agência de noticias russa RIA fala em “suspeitas de traição”.